segunda-feira, 17 de janeiro de 2011



Talvez não tenha a ver com você e sim comigo, com essa insegurança que me cerca, que insiste em fazer parte de cada detalhe da minha vida, me sufocando, e a cada dia que passa desejo com toda minha alma que ela vá embora e me deixe sozinha. Quem sabe se ela partisse, eu teria tido um pouco mais de coragem, para fazer coisas que tenho medo, superar obstáculos e  perder o medo de tentar.

Um comentário:

Danii disse...

A gente não pode viver preso à inseguranças. Precisamos arriscar algumas vezes. Espero que você consiga se livrar dela e fazer o que você tanto deseja sem medo :D