terça-feira, 9 de novembro de 2010



Odeio esse sentimento, sentimento de perda, de falta, de desamor, aonde foi parar a nossa felicidade? eu odeio esses filmes de romances idiotas que insistem em passar em todos os locais possíveis quando o que eu mais quero é não ouvir sobre amor. Odeio quando vou me deitar e sua imagem vem em minha mente, me trazendo a insônia, odeio essas lágrimas constantes que insistem em sair e me fazer lembrar de que cada palavra carinhosa, de cada jura de amor, de cada plano para o futuro que foram enterrados, como mentiras sem fundamento. odeio como eu não consigo parar de escutar a nossa música, de ver suas fotos, de ter aquele sorriso mais bobo olhando para o tempo e olhos cheios ao lembrar do carinho. e sabe o que eu odeio ainda mais? te amar e saber que você vai ficar bem sem mim, que vai seguir sua vida com um grande sorriso no rosto e um maldito ego no coração.

Nenhum comentário: